Sábado, 7 de Dezembro de 2019
 

Cine Paiaguás exibe “Djon África” na Mostra Identidade Negra do Ponto MIS

Ilha Solteira - No mês de novembro, o Ponto MIS de Ilha Solteira exibe a Mostra Identidade Negra. Trata-se de uma seleção de filmes em curta e longa-metragem que faz alusão ao Dia da Consciência Negra, comemorado em 20 de novembro.

Na estreia, será exibido o filme “Djon África”, no dia 02 de novembro, a partir das 20 horas, no Cine Paiaguás, com entrada gratuita e classificação 12 anos. O Ponto MIS é uma parceira entre a Prefeitura Municipal de Ilha Solteira, por meio do Departamento de Cultura, a Fundação Cultural de Ilha Solteira e o Museu da Imagem e do Som de SP (MIS).

Em “Djon África”, Miguel Moreira, também conhecido como Tibars e Djon África, descobre que a genética pode ser cruel quando sua fisionomia – bem como alguns de seus fortes traços de personalidade – o denunciam imediatamente como o filho de seu pai; alguém que ele nunca conheceu. Esta descoberta intrigante leva-o a tentar descobrir quem é este homem. Tudo o que ele sabe sobre ele é o que sua avó, com quem ele sempre viveu, lhe contou.

A Mostra Identidade Negra será exibida ao longo do mês de novembro, no Cine Paiaguás. No dia 10, o cartaz é “Temporada”; no dia 16, a atração será “Besouro”; e no dia 23, serão exibidos dois documentários de curta-metragem, “Parece Comigo” e “Uma Escolha”. A Mostra Identidade Negra integra a programação da ação “(Re)Existência Negra 2019”, que é realizado em parceria com o Nabisa (Núcleo Afro-brasileiro de Ilha Solteira).

Sobre o programa – O programa Ponto MIS é realizado em parceria com o Museu da Imagem e do Som de São Paulo (MIS). Seu objetivo é levar sessões de cinema gratuitas, promovendo o acesso ao cinema e formação de público, com programa com filmes, além de oficinas realizadas pelo Núcleo Educativo do museu.

As sessões gratuitas de cinema acontecem todos os finais de semana, no Cine Paiaguás, e as oficinas são oferecidas bimestralmente, na Biblioteca Municipal Assis Chateaubriand.