Terça-Feira, 15 de Outubro de 2019
 

Detran.SP alerta para importância do uso do cinto de segurança nos bancos dianteiro e traseiro

A utilização do equipamento reduz em até 75% o risco de morte em caso de colisões. Há um ano, o cantor sertanejo Cristiano Araújo e sua namorada morreram em um acidente de carro e estavam sem cinto

Há um ano o cantor sertanejo Cristiano Araújo e sua namorada, Allana Moraes, morreram em um grave acidente de carro e ambos estavam sem o cinto de segurança. Assim como eles, segundo uma pesquisa da Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp), 53% dos passageiros não utilizam no banco de trás esse dispositivo, que reduz consideravelmente o risco de morte em caso de colisões. Por isso, o Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP) faz um alerta sobre a importância do uso do cinto de segurança por todos os ocupantes de um veículo.

Conforme prevê o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), a utilização do cinto de segurança é exigida a todos os motoristas e passageiros de automóveis. Ele é dispensável somente nos veículos em que é permitido o transporte de pessoas em pé, como os ônibus urbanos e micro-ônibus produzidos até 1º de janeiro de 1999.

Deixar de utilizar o cinto de segurança é infração grave, com multa de R$ 127,69, além de cinco pontos na habilitação do condutor. Em 2015, o Detran.SP aplicou um total de 158.859 multas no perímetro urbano pela falta do uso de cinto de segurança, tanto por condutores quanto por passageiros.

Além do Detran.SP, por meio da Polícia Militar, as prefeituras e órgãos de trânsito rodoviários, como o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) também fiscalizam o uso do equipamento.

Estudo da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet) mostra que o cinto de segurança no banco da frente reduz o risco de morte em 45% e, no banco traseiro, em até 75%.

“Uma multa é o menor dos problemas que uma pessoa pode ter ao não usar o cinto de segurança. Utilizar o equipamento é fundamental para prevenir sequelas e mortes em acidentes de trânsito”, ressalta Neiva Aparecida Doretto, diretora-vice-presidente do Detran.SP.

O tema fez parte no fim do ano passado de uma campanha educativa do Detran.SP que contou com a participação de João Reis, pai de Cristiano Araújo, que chamou a atenção para a importância do uso do cinto de segurança e do respeito às leis de trânsito. O depoimento de João está disponível neste link: https://youtu.be/Cg9xkLfZhYE.

Movimento Paulista de Segurança no Trânsito – Com o objetivo de reduzir pela metade as vítimas fatais em acidentes de trânsito até 2020, o Governo do Estado de São Paulo lançou, em agosto de 2015, o Movimento Paulista de Segurança no Trânsito. O programa é inspirado na “Década de Ação Pela Segurança Viária”, período de 2011 a 2020, estabelecido pela Organização das Nações Unidas (ONU), chamando atenção para a questão da violência no trânsito.

DETRAN.SP: O Detran.SP é uma autarquia do Governo do Estado de São Paulo, vinculada à Secretaria de Planejamento e Gestão. Para obter mais informações sobre o papel do Detran.SP, clique neste link: http://scup.it/aanx